Instituto Politécnico de Lisboa

Tecnologias de Física MédicaMestrado

Candidaturas a decorrerSaiba mais

Curso acreditado pela A3ES

A Física Médica é um dos pilares de desenvolvimento da Saúde atual. As aplicações da Física à Clínica vão desde as radiações ao desenvolvimento de novos materiais presentes em múltiplos equipamentos e em diversas valências clínicas, particularmente as de medicina nuclear, radiologia, radioterapia e fisiologia clínica. Compreende técnicas de monitorização e processamento de sinal e de imagem, utilização de técnicas físicas de análise e desenvolvimento de métodos terapêuticos avançados. Neste contexto, torna-se fundamental a existência de profissionais da Saúde com uma sólida formação em Física Médica, quer estes profissionais tenham uma formação de base em áreas da Física ou em áreas da Saúde.

Este Mestrado tem por base a Física e as suas aplicações à Saúde, pretendendo-se aprofundar conhecimentos e conferir competências em Física Médica, nomeadamente nas áreas das radiações, lasers, ultrassons, processamento de sinal e imagem, radiobiologia, epidemiologia, dosimetria computacional, proteção radiológica, controlo da qualidade, ressonância magnética, biofísica e instrumentação clínica. Ainda, aprofundar conhecimentos e desenvolver competências em investigação nas inúmeras áreas da saúde alicerçadas nas aplicações da Física.

É de referir que esta formação avançada obedece aos requisitos que a União Europeia e a Federação Europeia de Organizações de Física Médica estabelecem para reconhecimento da formação de futuros Físicos Médicos (Medical Physicist). Esta formação, a nível de mestrado, antecede a formação clínica em ambiente hospitalar.

Destinatários

Os candidatos deverão possuir formação de base ao nível de Licenciatura ou equivalente legal em áreas da Física, da Saúde, da Engenharia ou afins.

Duração e ECTS

4 Semestres | 120 ECTS

 

Conselho de Mestrado

Nuno Teixeira, Professor Coordenador – Diretor de Curso
Luís Freire, Prof. Coordenador
Margarida Ribeiro, Prof.ª Adjunta
Paulo Ferreira, Prof. Adjunto

 

O plano de estudos a realizar pelo estudante será definido tendo em conta o número de ECTS em Física e/ou Matemática, sendo, por isso, constituídos dois percursos com os seguintes pré-requisitos:

Pré-requisitos:
Percurso  A (para candidatos com formação em Física e Matemática, nomeadamente licenciados em Física ou Engenharias)

  • Formação de base com pelo menos 60 ECTS nas áreas da Física/Engenharia e cumulativamente um mínimo de 80 ECTS nas áreas da Física/Engenharia e Matemática.

Percurso B (para outros candidatos - licenciados nas áreas da Saúde)

  • Formação de base com menos de 60 ECTS na área da Física/Engenharia ou menos de 80 ECTS das áreas da Física/Engenharia e Matemática.

O Plano de Estudos apresentado é comum aos dois percursos, com exceção das unidades curriculares assinaladas com asterisco:

(*) Unidades Curriculares a frequentar, exclusivamente, por candidatos que preencham os pré requisitos para o percurso A (formação de base em Física e Matemática).
(**) Unidades Curriculares a frequentar, exclusivamente, por candidatos que preencham os pré requisitos para o percurso B (outros candidatos).
 

Candidaturas Abertas

Aceda aqui ao Formulário de Candidatura

Vagas

Número de vagas máximo: 25
Número mínimo de estudantes: 17 *

* O Mestrado só funcionará se tiver o número mínimo de estudantes inscritos

 

Critérios de Seriação

A seriação e seleção final dos candidatos serão realizadas pelo Conselho do Curso, de acordo com os seguintes critérios:

  • Critério A – Ter uma graduação académica em Física ou Engenharia Física, Medicina Nuclear, Radiologia, Radioterapia, Fisiologia Clínica, Imagem médica e Radioterapia ou Engenharias, ou áreas afins (10 se corresponder a este critério; 5 se não corresponder).
  • Critério B – Nota do último grau académico obtido, numa classificação de 10 a 20 valores (nota do grau académico de 10 a 20 aproximada às unidades x 0,25).
  • Critério C – Trabalhar em instituições de saúde ou empresas de equipamento médico ou em áreas de aplicação das radiações na saúde (incluindo a proteção e segurança radiológica) ou em investigação na área (número de meses de trabalho x 0,05 num máximo de 3 pontos)
  • Critério D – Outra avaliação curricular, atendendo à experiência profissional e científica (máximo de 2 pontos).

Nota final:  Critério A + Critério B + Critério C + Critério D (aproximada às centésimas)

Para efeitos de preenchimento das vagas, em caso de igualdade de classificação, é estabelecida a seguinte ordem de prioridade: Critério B com valor mais elevado; e se mantiver o empate, Critério C mais elevado; se se mantiver o empate, Critério D mais elevado.

Calendarização

Candidaturas

Candidatura: até 3 de fevereiro

Publicitação dos resultados de candidatura: 7 de fevereiro

Matrículas: de 8 a 15 de fevereiro

PROCESSO DE CANDIDATURA

A candidatura é efetuada em plataforma online disponível a partir do site da ESTeSL.

Documentos obrigatórios a apresentar no ato de candidatura:

  • Carta de motivação;
  • Curriculum Vitae, sem anexos;
  • Certidão de conclusão de Curso Superior;
  • Certificado discriminativo das disciplinas e respetivas classificações obtidas no âmbito da Licenciatura ou outro Curso. No caso de a formação não ter sido obtida na ESTeSL, deverá apresentar o respetivo Plano de Estudos.

Horário e Regime de Frequência

As aulas decorrerão, geralmente, à sexta-feira entre as 18h00 e as 22h00 e ao sábado das 9h00 às 18h00.

 

Propinas

Taxa de Candidatura ----51,25€
Propina 1º ano1900€
Propina 2º ano850€

Os pagamentos podem ser efetuados por:

  • Referência multibanco criada durante o processo de candidatura online.
  • Transferência bancária:
    – NIB: 0781.0112.0000.0004.003.90;
    – Envio obrigatório de comprovativo da transferência bancária para mestrados@estesl.ipl.pt;
  • Cheque emitido à ordem de I.G.C.P., IP e enviado para Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa – Av. D. João II Lote 4.69.01 – 1990-096 Lisboa, ao cuidado dos Serviços Financeiros da ESTeSL;
  • Ou na tesouraria da ESTeSL, através de dinheiro ou Multibanco.