Instituto Politécnico de Lisboa

Mª Teresa Tomás

Prof. Adjunto

Nota Biográfica

Bacharel em Fisioterapia - Escola Superior de Saúde do Alcoitão - 1987 - 15 valores

Licenciada em Educação Especial e Reabilitação  - Faculdade de Motricidade Humana da Universidade Técnica de Lisboa - 1996 - 15 valores

Mestre em Exercício e Saúde - Faculdade de Motricidade Humana da Universidade Técnica de Lisboa - 2002 - Aprovada por unanimidade 

Doutor em Actividade Física e Saúde - Faculdade de Motricidade Humana da Universidade Técnica de Lisboa - 2011 - Muito Bom com distinção

Cargos

Fisioterapeuta - 1987 a 2003 - Hospital Distrital de Portalegre, Centro hospitalar das Caldas da Rainha, Hospital Distrital do Barreiro e por ultimo no Hospital de curry Cabral na unidade hepatobiliopancreatica e de transplantação.

Docente do ensino superior politécnico desde 2003, actualmente professora adjunta no curso superior de Fisioterapia e coordenadora da área cientifica de fisioterapia.  

Comissões

Conselho de curso de fisioterapia

Conselho de curso de ortoprotesia

Comissão de equivalencias e creditações

Comissão de estratégia de investigação

Áreas de Investigação

Orcid ID : http//orcid.org/0000-0003-0491-8903

Áreas de interesse em investigação:    Fisioterapia Cardiorrespiratória com especial interesse em Reabilitação cardiaca, Reabilitação Pulmonar e Treino dos musculos respiratórios; Programas de atividade fisica aplicados a populações clinicas com especial interesse em transplantação hepática por PAF; Capacidade funcional e prevenção do risco em populações clinicas e com especial enfase no envelhecimento; respostas adaptativas á actividade fisica em populações clinicas.  

Algumas publicações relevantes:

Maria Teresa Tomás & Maria Beatriz Fernandes. “Handgrip Strength” in “Muscle Development, Assessment and Role in Disease”, Ferraresi, C. & Parizotto, N.A. Eds (2013). Chapter 1, pag 1-28. Nova Publishers, New York, ISBN 978-1-62948-095-4.

Mª Teresa Tomás, Helena Santa-Clara, Élia Mateus & Estela Monteiro. “Familial Amyloid Polyneuropathy (FAP): Clinical Features, Pathophysiology and Treatment”. In “Contemporary Issues in Peripheral Neuropathy”. Menkes, Daniel L. (ed) (2014). Chapter IX. pg 209-224. Nova Science Publishers, Inc, (eds), ISBN 978-1-62948-681-9 (http://hdl.handle.net/10400.21/3118)

Pimenta, Nuno; Santa-Clara, Helena; Tomás, Maria Teresa; Monteiro, Estela; Cabri, Jan; Freire, António; Barroso, Eduardo; Sardinha, Luís Bettencourt; Fernhall, Bo. “Comparison of body fat content and distribution of familial amyloidotic polyneuropathy patients versus healthy subjects” (resumo) Medicine & Science in Sports & Exercise: Volume 41(5) Supplement 1 May 2009. p 402. (Factor de impacto = 3.707).

Tomás, Mª Teresa; Santa-Clara, Helena; Monteiro, Estela; Barroso, Eduardo; Sardinha, Luis Bettencourt; Fernhall, Bo. Effects of a Randomized Trial of Exercise on Body Composition of Liver Transplanted Patients. (resumo) Medicine & Science in Sports & Exercise: Volume 42(5). Supplement June 2010. p334. (FI=4.106; FI5anos=4.748)

Tomás, Mª Teresa; Santa-Clara, Mª Helena; Monteiro, Estela; Baynard, Tracy; Carnero, Elvis; Bruno, Paula Marta; Barroso, Eduardo; Sardinha, Luis; Fernhall, Bo. “Body Composition, Muscle Strength, Functional Capacity and Physical Disability Risk in Liver Transplanted Familial Amyloidotic Polyneuropathy Patients”. Aceite para publicação em 3 Fevereiro 2011 na revista Clin Transplant 2011: 25: E406-E414 DOI: 10.1111/j.1399-0012.2011.01436.x (publicado on-line em 16 Agosto 2011). (FI=1.751; FI5anos=2.105)

Mª Teresa Tomás; Helena Santa-Clara; Estela Monteiro; João Gil; Paula Marta Bruno; Eduardo Barroso; Luís Sardinha. “A Supervised versus Home-based Program Effects on Liver Transplanted Familial Amyloidotic Polyneuropathy Patients: Walking, Fatigue and Quality of Life”. Physiotherapy. 2011; Vol 97 (S1): eS1241-eS1242. (FI=0.641; FI5anos=0.759)

M.T.Tomás; H. Santa-Clara; E. Monteiro; E. Barroso; L. Bettencourt Sardinha. Effects of an Exercise Training Program in Physical Condition After Liver Transplantation in Familial Amyloidotic Polyneuropathy: A Case Report. Transplantation Proceedings. 2011. Vol. 43(1), pg 257-258. (Factor de impacto = 0.994).

Tomás MT, Santa-Clara H, Bruno PM, Monteiro E, Carrolo M, Barroso E, Sardinha LB, Fernhall B. “The Impact of Exercise Training on Liver Transplanted Familial Amyloidotic Polyneuropathy (FAP) Patients”. Transplantation. 2013 Jan 27;95(2):372-7. (FI-2013 = 3,781)