Passar para o conteúdo principal
José Moreira
Submetido por jose_moreira a 25 October 2021

A Física Médica é um dos pilares de desenvolvimento da Saúde atual. As aplicações da Física à Clínica vão desde as radiações ao desenvolvimento de novos materiais presentes em múltiplos equipamentos e em diversas valências clínicas, particularmente as de medicina nuclear, radiologia, radioterapia e fisiologia clínica. Compreende técnicas de monitorização e processamento de sinal e de imagem, utilização de técnicas físicas de análise e desenvolvimento de métodos terapêuticos avançados. Neste contexto, torna-se fundamental a existência de profissionais da Saúde com uma sólida formação em Física Médica, quer estes profissionais tenham uma formação de base em áreas da Física ou em áreas da Saúde.


Objetivos

  • Aprofundar conhecimentos e conferir competências em Física Médica, nomeadamente nas áreas das radiações, lasers, ultrassons, processamento de sinal e imagem, radiobiologia, epidemiologia, dosimetria computacional, proteção radiológica, controlo da qualidade, ressonância magnética, biofísica e instrumentação clínica.
  • Desenvolver novas competências em investigação nas inúmeras áreas da saúde alicerçadas nas aplicações da Física.


Destinatários 

  • Titulares de licenciatura ou equivalente legal;
  • Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1º ou 2º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do processo de Bolonha;
  • Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos, sob proposta do Conselho de Curso e aprovado no Conselho Técnico-Científico da ESTeSL*.

* A candidatura ficará condicionada à aprovação no Conselho Técnico-Científico da ESTeSL.

 

Propinas e Emolumentos 

Consultar aqui!