Instituto Politécnico de Lisboa

A ESTeSL assina protocolo com a CML e é parceira na Conferência Nacional “Lisboa Mais Verde..." 10 nov 2020

 A ESTeSL assina protocolo com a CML e é parceira na Conferência Nacional “Lisboa Mais Verde..."

Realizou-se hoje na Culturgest, em Lisboa, a Conferência Nacional “Lisboa Mais Verde e Mais Saudável: os Desafios da Poluição Atmosférica” promovida pela Câmara Municipal de Lisboa sendo a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa (ESTeSL) uma das instituições parceiras.

A conferência contou com a participação de diversas individualidades e especialistas das áreas da saúde e saúde ambiental, tendo a ESTeSL marcado a sua presença com a participação da Prof.ª Hermínia Dias, docente do curso de Licenciatura em Fisiologia Clínica, que integrou o painel “Os efeitos na Saúde em ambiente urbano” com a comunicação “Saúde respiratória: Avaliar para preservar”.

No final da conferência o vereador José Sá Fernandes assinou, pela Câmara Municipal de Lisboa, um protocolo com o Instituto de Saúde Ambiental da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, e com a Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa, representada pela Prof.ª Beatriz Fernandes, Vice-Presidente da ESTeSL.

Incluída no calendário de eventos da Capital Verde Europeia, esta conferência pretendeu fazer um diagnóstico da cidade portuguesa em matéria de políticas ambientais e o respetivo impacto na saúde e bem-estar da população, assim como na economia da cidade. Foram abordados temas como a qualidade do ar e os seus efeitos na saúde, como avaliar e preservar a saúde respiratória, a importância dos dados e da informação na investigação da saúde ambiental entre outros.

Num momento em que o país, entra em estado de Emergência em resultado do agravamento da crise pandémica de Covid-19, foram ainda analisados “os efeitos nocivos na saúde induzidos e acelerados por fatores de contaminação ambiental (epidemias e pandemias), procurando reduzir a sua incidência, prevenir novas ameaças e reforçar a ação neste domínio, dando especial atenção aos grupos mais vulneráveis.

Esta encontra-se disponível em: Conferência Lisboa mais verde e mais saudável: Os Desafios da Poluição Atmosférica